Tô exausto! Rotina muito cansativa.

Toda vez que eu escuto alguém dizendo que acha a rotina muito cansativa eu fico com a sensação de que eles querem responsabilizar alguém, como se outras pessoas tivessem decidido qual a melhor rotina pra eles.

Eu entendo que existem atividades profissionais e que as empresas e os gestores é quem definem os horários da maioria da das funções e dos cargos, mas o ideal seria que todas essas pessoas tivessem consciência ao escolherem aquele emprego da rotina de trabalho, das suas atividades, e lembrando que já está definido seus horários, dias, meses e até mesmo os anos que devem trabalhar para se aposentar.

Mas eu não posso me sentir cansado? Claro que você tem esse direito!

Entretanto é sempre bom pensar em possibilidades, como mudar a rotina e descansar, ou até mesmo pensar em mudar de trabalho ou de profissão.

Muitas vezes esquecemos desta opção por uma série de motivos e fatores que desembocam na falta de flexibilidade emocional e comportamental.

Em cada escolha que fazemos na nossa vida existem consequências, algumas delas são claras e objetivas, outras são ocultas e emocionais.

Então quando se sentir exausto, que a rotina está intensa, lembre-se sempre de olhar para o que é fundamental! Olhe para como você se relaciona com sua identidade profissional, como ela foi construída, como que você ingressou naquelas atividades.

Recorde-se como foi iniciar naquele emprego, os primeiros dias, a empolgação, a animação, as coisas que você valorizou e que acreditou naquele período.

A nossa mente mais emocional é sábia, ela nos manda sinais, mensagens através dessas sensações e quanto mais cansativa se torna essa rotina, quanto mais angustiado você se torna com essa ideia maior e mais forte essa mensagem se torna!

Após refletir sobre isso seria bem interessante compartilhar comigo como se sentiu!
Bom trabalho!
Que brilhe sempre a nossa luz!
A.B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.