Como sairemos disso tudo?

Que caminhos tomaremos? Os mesmos caminhos que tomamos. Esse é o ponto!

Nossas fragilidades, nossas dificuldades, nossa história de vida não vai mudar por nenhum motivo externo, por absolutamente nenhum motivo externo. Amores foram perdidos, adolescências foram superadas, amizades foram estabelecidas e rompidas. Passamos pela escola e atravessamos diversas coisas na nossa vida.

Existe uma essência dentro de nós que de alguma forma foi moldada por como olhamos para essas experiências. Quando nossa postura é de estar disposto a mudar o nosso olhar para alguma coisa tudo se altera, ampliamos a nossa percepção, nos afastamos para ter um olhar mais amplo, sem excluir nada, sem negar nada, apenas ampliando.

Quando nossa postura é rígida, quando acreditamos que nosso ponto de vista é sempre o mais correto caímos no equívoco de acreditar que a nossa forma de fazer as cosias é a sempre a melhor! Quando estamos nesse padrão de pensamento, absolutamente nada externo vai nos ajudar a ampliar a visão! Isso faz com que você acredite em um único discurso, ainda que não faça sentido nenhum, pois nessa postura você evita usar a criatividade e a racionalidade. Você acredita por um motivo emocional.

Então meu maior temor é que as pessoas apenas passem por essa experiência sem alterar nada internamente, temo pela humanidade mesmo, pois agora não adianta fechar os olhos. Você finge que não existe nada, mesmo com 700 pessoas morrendo por dia em um país distante. A questão é que o ambiente não vai te alterar, mas vai te moldar, e aqueles que olharem para seus egoísmos, suas vaidades, seus sofrimentos emocionais irão amadurecer, ainda que adoeçam, ainda que venham a morrer.

Espero que possamos passar por essa experiência focando um pouco mais na nossa humanidade e não na nossa individualidade, sejamos emocionalmente adultos e que possamos ensinar com muito amor as nossas crianças, tanto os nossos filhos como aquelas que moram dentro de nós!

Forte abraço,

Que brilhe sempre a nossa luz!

A.B.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.